sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Infância, adolescência e eternidade.


"Mas tanto tempo de convívio me trouxe certa prioridade que eu valorizo muito. Gosto também de quando falo, porque por mais que você não entenda, me apoia. Você me dá esperanças nas minhas paixões platônicas e na vida que eu levo cabeça a dentro. Aliás, essa é a nossa maior diferença: você pensa sobre o que você vive, e eu vivo sobre o que eu penso. Somos opostas e ainda assim nos compreendemos.


Saio de casa e o cenário está todo lá: as árvores onde a gente subia, a casa que jurávamos assombrada, os muros que agora parecem altos, nosso eterno refúgio de criança que guarda as marcas da infância. Crescemos, sim. Mudamos, sim. São mais de dez anos ao seu lado, e como você mesma disse, eu nem lembro do mundo antes de conhecer você. Serão mais tantos anos, tantas histórias. Seremos velhinhas finas, tatuadas e moderninhas, teremos casas vizinhas (se um dia você voltar do Rio), jamais perderemos a loucura de mulheres neuróticas pelas madrugadas insones. Amigas são para sempre. Você é para sempre. Não se perca de novo, por favor. Não se afaste mais de mim. Mas se um dia isso acontecer, pode ter certeza: Pararei meu mundo só pra te buscar." 

(Verônica H. - mais uma vez ela disse o que
eu quero e não consigo)

2 comentários:

Ludimila disse...

Eu poderia muito bem te dizer muito obrigada e ficaria por isso mesmo. Mas não, eu queria pelo menos tentar te agradecer, através de palavras, por tudo de lindo que vc faz por todos nós (suas amigas). Vc tá sempre disposta, feliz, e, sem dúvida, com os melhores conselhos recebíveis hahaha. O meu maior medo é de irmos nos afastando, como fizemos errôneamente no passado, e perdermos o que há de mais lindo entre nós: a amizade. Mas, se não quisermos, isso nao vai acontecer e a gente sabe que não irá. Pq a gente se ama e o amor mantém os laços mais lindos e fortes. Uma pessoa como vc é inaceitável não ter como amiga e confidente. Eu não sou boa com as palavras, mas eu sou boa em reconhecer o seu valor na minha vida! Dizer eu te amo é eufemisar meu sentimento por você, sua linda! beijinhos, 22k que eu amo demaisão!

Anônimo disse...

booom