sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

I'm just a kid.

Eu não me considero forte o suficiente para essa inversão repentina de papéis. Em momentos como esse, tudo que eu faço é fechar os olhos e rezar e rezar.

"E se por acaso a dor chegar
Ao teu lado vão estar
Pra te acolher e te amparar
Pois não há nada como um lar"

2 comentários:

Camila Paier disse...

Acho que rezar ajuda, flor. Sempre. É incrível a força que recebemos, da divindade que seja. Há uma força maior, acredito muito nisso. Um beijo!

mais amor, por favor. disse...

E rezar sempre, porque alivia a alma e o coração.
Beijo!